COMO FUNCIONA O MINHA CASA MINHA VIDA

Uma pergunta que recebemos com certa frequência aqui em nosso site, sem sombra de dúvidas, é “Como funciona o minha casa minha vida?”. E hoje, responderemos essa pergunta em detalhes, ok? Explicando tudo o que você precisa saber a respeito desse programa do Governo Federal.

 

Já puxando o ponto levantado logo acima: sim, o Minha Casa Minha Vida é uma iniciativa do Governo Federal. Mas ele não faz isso sozinho. O faz lado a lado com empresas parceiras, ou mesmo prefeituras municipais e entidades sem fins lucrativos.

 

É através do Minha Casa Minha Vida que é possível adquirir uma casa própria, ter maior dignidade e conforto na moradia, sem ter de recorrer a altos juros em bancos, por exemplo.

 

Mais de 7 bilhões de Brasileiros já foram beneficiados pelo programa Minha Casa Minha Vida. Não é à toa que tantos se perguntam “como funciona o minha casa minha vida”, não é mesmo? Abaixo vamos explicar ainda mais sobre isso.

ENTENDA TODOS OS DETALHES DE COMO FUNCIONA O MINHA CASA MINHA VIDA

 

Para participar do Minha Casa Minha Vida, é necessário antes entender alguns requisitos. Seria o Minha Casa Minha Vida para você? O programa nasceu para famílias de baixa renda, que desejam comprar uma casa nova. Existem 3 faixas:

 

Famílias que recebem renda bruta de no máximo R$ 1.800,00;

Famílias que recebem renda bruta de no máximo R$ 2.600,00;

E, por fim, as famílias que recebem renda bruta de no máximo R$ 7.000,00.

 

Em cada caso, existem variações do que o Minha Casa Minha Vida faz e se comporta. Nalguns casos, o prazo de pagamento pode ser maior ou menor, noutros existe um certo limite de valor máximo de subsídio concedido pelo Estado e assim por diante.

 

Entendendo e vendo onde você se encaixa, é hora de fazer a contratação do programa! Vamos explicar logo abaixo em alguns pontos inteligíveis como você pode contratar o Minha Casa Minha Vida.

 

SE CADASTRANDO E SE BENEFICIANDO DO MINHA CASA MINHA VIDA

 

Você, interessado no Minha Casa Minha Vida, agora que sabe como funciona de uma forma superficial, deve ir até o site e fazer o seu cadastro. Caso sua renda bruta não atinja os R$ 1.800,00, ou seja, se você estiver inserido no primeiro grupo de famílias, pode se dirigir à prefeitura de sua cidade.

Depois desse cadastro, ocorrerá a análise e a avaliação de seus dados, para ter certeza que você preenche o perfil de famílias beneficiadas pelo programa. Aqui serão checados todos os documentos e as informações prestadas.

 

Depois da análise, você deve receber o sinal verde ou não. Em sendo aprovado: Parabéns! Agora vem a hora de assinar seu contrato, onde o banco lhe oferecerá condições especiais para a concessão do valor, e você vai receber o financiamento de forma facilitada e rápida.

 

E assim se fecha o ciclo do Minha Casa Minha Vida. Todos saem contentes no final. Você, com toda a papelada de sua nova casa, a empreiteira com um projeto em mãos, e o banco prestando serviços.

 

E AÍ, AGORA QUE JÁ SABE, É HORA DE CONTRATAR!

 

Agora que já sabe em detalhes como funciona o Minha Casa Minha Vida, é hora de se perguntar: “Você se encaixa no programa?” Se sim, que tal mergulhar agora mesmo de cabeça no programa e aproveitar esses benefícios que o Governo lhe fornece?

 

Caso não se encaixe no programa, existem outras dezenas de formas de conseguir financiamento bancário para comprar a sua tão sonhada casa própria! Esse sonho está ao alcance de suas mãos.

 

Te desejamos boa sorte, e nos vemos aqui em breve!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *